A morte do Rio Doce e o sofrimento velado do Espírito Santo

Untitled-1

Peço licença aos leitores para hoje não falar de arte e nem tecnologia. Eu Vitor, escritor do blog, sou capixaba e estou arrasado com o CRIME ocorrido no Espírito Santo nos últimos dias.

Eu amo meu estado e sou apaixonado pela minha cidade e sua região. Sou um grande militante pelo uso do design que preserve a natureza, a nossa casa. Recursos de energia limpa, e coisas que favoreçam o mundo como um todo.

Para quem não sabe, em Vitória, Espírito Santo, existe uma grande companhia de minério, a Vale, conhecida antes como Vale do Rio Doce. Em todos os meus anos de vida eu NUNCA vi o fato dessa empresa estar localizada na minha cidade, ser motivo de algum lucro ou vantagem para o estado. Nunca vi o governo ter mais dinheiro para investir em educação por causa dela ou os hospitais com melhores condições. Muito pelo contrário, a cada ano, o ar de Vitória, Vila Velha e região, fica mais preenchido e poluído com minério de ferro.

De fato a empresa gera empregos, cargos com escalas pesadas e montantes absurdos de trabalho. Muitos dos cargos tem aposentadoria precoce, devido as condições do ar dentro da empresa. São pilhas e pilhas de minério e semelhantes espalhadas próximo a costa. Local onde venta absurdamente e leva todo o minério para a cidade. Há locais dentro da empresa, que para um alérgico como eu, fica difícil até manter os olhos abertos.

4351186_x360

vale1_min_ffd-3907158

Minério de ferro na areia de Camburi, no final da praia, próximo ao Porto de Tubarão

A praia de Camburi nunca mais foi a mesma depois da empresa. O quebra mar construído e a poluição fizeram da praia de surfistas (que hoje não tem ondas) se transformar em motivo de piada pelos capixabas. “Não entra nessa água não senão você vai sair com um dedo a mais”.

O problema não para por aí, as estradas de ferro que vem de Minas até Vitória, por onde passam trens trazendo minério afetam toda a região ao longo dela com poluição.

Vira e mexe vemos reportagens aqui, dizendo que a empresa foi multada por poluir ou não ter determinada licença para fazer algum tipo de atividade poluidora. E mesmo assim continua funcionando. É ÓBVIO, que alguém lucra com isso tudo, mas o estado e a cidade de Vitória com certeza não são.

A gota d’água aconteceu recentemente. A Samarco, mineradora da qual a Vale é acionista, mantinha um “depósito” de resíduos de mineração de forma irregular.

A VALE, controla a Samarco e é uma das maiores exploradoras de recursos naturais e minerais do mundo, doou MILHÕES para as campanhas do PMDB, PT e PSDB em 2014. Bom, política explica muitas coisas no Brasil, inclusive a mídia desinteressada em muitos casos relevantes.

No dia 5 de novembro, as barragens do Fundão e de Santarém se romperam a destruíram o subdistrito de Bento Rodrigues que fica a 35km do centro da cidade histórica de Mariana (MG). Isso quer dizer que mais de 50 milhões de metros cúbicos de LAMA resultantes dos rejeitos da produção de minério de ferro da mineradora SAMARCO foram despejados pela cidade, atingindo o Rio Doce.

antes_depois

tumblr_nxnzfhCNj31ukcdvgo1_1280

Bento Rodrigues praticamente sumiu do mapa em meio a lama. 7 mortes oficiais foram divulgadas, ainda há 3 corpos não identificados e 18 desaparecidos. Quase 100% das casas foram destruídas pela lama, era um tsunami marrom, as pessoas saíram desesperadas de suas casas levando somente a roupa do corpo.

O Rio Doce é o principal rio da região sudeste, tem 853km de extensão e banha os estados de MG e ES, cruzando 228 municípios As principais cidades são Ipatinga e Governador Valadares. Os danos ao rio são irreparáveis e estima-se que pelos próximos 20 anos vamos sofrer as consequências da contaminação do rio. A lama cimentou o bioma, ou seja, a natureza local foi soterrada. Todo o ecossistema está comprometido, não só do Rio Doce, mas também de seus afluentes como o Gualaxo do Norte. Os peixes estão subindo à superfície mortos. A lama tem altos índices de minério de ferro e todo tipo de elementos nocivos, mas devido à correnteza, a lama também chegou ao rio com esgoto, pesticidas e até agrotóxicos das terras que passou. Isso é uma bomba fatal a todas as espécies animais, vegetais e bacterianas. A lama segue seu curso no rio e afluentes, ao chegar em Linhares (ES), fica o risco de essa lama chegar ao mar, pois é onde o rio desemboca.

Estima-se que a região do mar que será atingida também se contaminará em menor proporção, pelo menos é nisso que eu quero acreditar.

mapa

O IBAMA aplicará 5 multas à Samarco no valor de 50 milhões de reais cada, as multas são pelos danos causados à biodiversidade, por lançamento de rejeitos, por retirar rios dos seus níveis, pela interrupção do abastecimento de água e pelas perdas de vegetação ciliar. Além disso, o IBAMA moverá ação contra a empresa pedindo indenização para todos os cidadãos afetados pelo rompimento das barragens.

Na minha opinião um crime desses deveria ser multado com prisão perpétua aos envolvidos. Afinal é a morte de um rio inteiro e toda a sua biodiversidade. Palavra bonita, mas que nem de longe expressa a quantidade de vida que morreu.

Por causa do comprometimento do Rio Doce, 8 cidades, entre elas Governador Valadares estão sem abastecimento de água, isso fez com que os moradores apelassem pra água mineral para suas necessidades básicas, agora os estoques de água mineral acabaram e as pessoas além de continuarem sem abastecimento de água, também estão sem água mineral para beber.

Uma outra coisa curiosa? A SAMARCO, que é a empresa que deveria estar sendo alvo de investigações, fechou a região das barragens (ainda resta uma que não rompeu) e só eles têm acesso. Estranho, né?

Em protesto a tudo isso, o prefeito de Baixo Guandu, Neto Barros (PC do B), bloqueou as estradas de ferro com máquinas, enquanto a Vale não assumisse responsabilidade e desse soluções efetivas para a falta de água. Essas estradas de ferro fechadas causam um prejuízo financeiro imenso a empresa. Ah sim, as atividades da Vale não foram suspensas depois do ocorrido. Continua tudo igual.

Essa era a posição do prefeito de Guandu.

A Samarco, ou seja, a Vale e a BHP precisam se mostrar mais interessadas em resolver esse problema. É o maior desastre ambiental da história do nosso rio, há elementos na água, já em Valadares, que está descendo o rio e vai nos encontrar e ir para o oceano. Elementos químicos como manganês, arsênio e alumínio, coisas que não são absorvidas pelo organismo humano estão nos rejeitos. Não se tinha um plano de contenção para esse tipo de desastre. Nós estamos assistindo tudo para tentar remediar

Louvável a atitude do prefeito, mas que foi punida pela justiça. A decisão judicial determinava a retirada das máquinas da linha férrea sob multa diária de R$ 50 mil para a prefeitura e R$ 25 mil para Neto Barros.

O crime tem oito dias e não se vê definição nenhuma, mas em menos de seis horas a Justiça se presta a salvaguardar os interesses financeiros de quem cometeu. – Conta o prefeito.

Enquanto a população chora e faz de tudo para tentar ajudar, a Vale tenta passar despercebida. Não é de hoje que ela abafa suas atividades. É possível ver durante as madrugadas uma grande chama de fogo, que libera fumaça da fábrica para a cidade. Isso só acontece a noite para não chamar atenção.

Já o Rio Doce, nas regiões ainda não atingidas pela lama, que está chegando, os moradores tentam resgatar os peixes e levá-los para lagoas, numa operação chamada “Arca de Noé”. Outra pessoa que pode ajudar muito é o Fotógrafo Sebastião Salgado, que teve sucesso no passado em restauração de nascentes em seu projeto “Olhos D’água“.

Já eu, como capixaba e ser humano que está triste com essa situação, não sei o que fazer, a não ser poupar água e ter fé. Me sinto desamparado e sem rumo, só posso mesmo é informar a todos que eu puder, do que está acontecendo. Fica apenas a saudade e a lembrança do rio que eu conheci.

IMG_20150920_164729309_HDR

Informações via Hey Nuts! e Gazeta Online.

Anúncios
Etiquetado ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: