Arquivo da tag: Comportamento

Tatoos tribal com cara de Brasil

Novidades em tatuagem são sempre animadoras e tem um tatuador em São Paulo trazendo justamente isso, novidade!

Brian Gomes tem seu estúdio em São Paulo e vem se inspirando na Amazônia para criar um estilo tribal colorido e bem brasileiro.

Gostou? Você pode fazer uma com ele, mas tenho uma má notícia. A agenda do rapaz está fechada por enquanto, mas você pode ficar na espera aqui.

 

13731313_703401049818619_8437933418766925824_n

15034905_290514931342986_6505872161964556288_n

15253348_209531346162695_1257096387342893056_n

15276551_1287298511317130_2631146392013242368_n

15276644_1663249347302745_8580544565130297344_n

15306703_525304781011169_7678905005553745920_n

16110183_775693289247989_4003040168482177024_n

16123500_1354855261231458_3394587738094174208_n

16124075_1213948588659835_7575806428737175552_n

15876051_1276678215704714_7809603725114212352_n

 

Via Ideafixa

Etiquetado , , , , , ,

Novo site

2

Só para avisar, estou com um novo website 🙂

Aqui no blog você confere coisas que eu faço, coisas que me inspiram, ou coisas legais. Lá no site é possível ver meus trabalhos, confere lá.

 

 

Etiquetado , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Até Quando Esperar

“…mas a gente pode continuar, eu gosto de você.”

“Preciso tirar um tempo pra mim.”

“Então nós vamos dar um tempo?”

Conversava Fabrizio por mensagens no celular, enquanto estava sentado em um banco de rua. Escolheu um local bonito e agradável para tentar salvar o seu relacionamento.

“Mas afinal, quem conversa coisas sérias como essas por mensagens ou telefonemas? As pessoas deveriam ser capazes de pelo menos conversar pessoalmente!” – pensava indignado, incomodado com a frieza dos relacionamentos de hoje em dia.

Com os olhos cheios de água, mas sem derramar nenhuma lágrima, porque afinal homem não chora, Fabrizio continuava esperando por respostas, mas que pararam de chegar e pelo visto, não chegariam mais. Nesse momento algumas lágrimas começaram a escapar.

– Droga. – limpava o rosto, tentando disfarçar o choro.

– Você está bem? – perguntava alguém, enquanto se sentava ao seu lado.

Fabrizio olha para o lado e avista uma senhora sentada.

– Não é nada importante. – respondeu.

– Mas perder alguém é algo muito importante.

Fabrizio ri sem graça.

– Me diga, a quanto tempo estavam juntos?

– Pouco tempo… mas já estavamos nos gostando muito.

– Ela deve ser muito especial então. Você conheceu a família dela?

– Bem, não…

– No meu tempo a gente conhecia a família antes de começar a namorar, hoje vocês jovens já começam pelo final, não é assim que fazem?

Totalmente sem graça de falar de sua vida sexual com uma senhorinha, ele apenas fica mudo, enquanto assiste a coroa sorrindo, até tomar coragem e dizer algo.

– Eu não acho que vou encontrar alguém como ela mais.

– Antigamente, perder alguém, era algo muito sério. Principalmente no interior. Não se achavam opções em cada esquina, sabe? Terminar um relacionamento, significava, talvez, ficar sozinho por muito tempo. Em alguns casos para a vida toda. Claro que as pessoas também aproveitavam a vida, sem compromisso, mas não era como hoje em dia.

– Eu não me importaria de esperar por ela, sabe, dona…?

– Carola meu filho, mas todos me chamam de dona Carol.

– A senhora é casada dona Carol?

– Sou sim, mas não está aqui agora.

– Falecido? – Fabrizio já preparava um “sinto muito” para soltar na sequência.

– Oh não (sorria), apenas foi embora.

– Como assim?!

– Ora, não se assuste tanto. Ele foi embora porque precisou trabalhar. Vai demorar um pouco porque a viagem é longa. É de barco sabe?

– Ah claro…

– Eu estou esperando ele voltar.

Fabrizio fica feliz ao ouvir uma história como a da senhora e inveja um pouco a situação de ter alguém que mesmo longe é mais fisicamente presente do que seus últimos 3 relacionamentos.

– Então jovem, me diga, o que decidiu fazer a respeito da menina?

– Sinceramente não sei, penso em ir atrás, tentar convencer a continuar o que começamos. Não quero desistir.

– Se ela te amar, então vale a pena. Você tem que se perguntar até quando vale a pena meu filho. – Dizia a senhora se levantando.

– Obrigado, de verdade. – Disse Fabrizio enxugando o rosto.

– Não por isso.

Ao olhar novamente em volta, o jovem coração partido não avistou mais a senhora simpática que o consolava e assim decidindo ir embora.

Se levantando, Fabrizio avista uma placa no banco onde estava sentado, que dizia: “Monumento em homenagem a Carola Amorim, esposa do general George Amorim, morto em serviço em 1945. Carola, sem saber do ocorrido, esperou pelo regresso de seu marido por 20 anos nesta praça, até seu falecimento.”

Etiquetado , , ,

Google inova mais uma vez e produz uma animação 360º

O Google Spotlight, estúdio cinematográfico criado e dedicado especialmente para Smartphones lançou a animação Pearl, que conta a história de pai e filha que viajam em busca de seus sonhos levando amor e alegria através da música em lugares improváveis.

A experiência de imersão é muito interessante, já que você pode “olhar” para todos os lados e ver o que tem em volta, captando momentos da viagem. Simplesmente fantástico. É como se fizéssemos parte da viagem, já que a “câmera” fica o tempo todo dentro do carro. Assim, você pode ver várias vezes e captar momentos diferentes. Já sabemos que é possível fazer vídeos 360º, mas animação (roteirizada) é a primeira!

Quem assinou a animação foi Patrick Osborne, animador do curta da Disney, Feast. Também participaram do desenvolvimento colaboradores dos estúdios Pixar e Dreamworks. Com tanta gente boa, o resultado não poderia ser ruim.

Se pensarmos no que está sendo feito hoje, com vídeos 360º e outras tecnologias como a realidade aumentada, as possibilidades são inimagináveis. Eu acredito que veremos filmes, séries, novelas e até transmissões ao vivo 360º. A cada dia a tecnologia nos surpreende numa velocidade cada vez mais alta. E o que muitas pessoas ainda não perceberam, é que já estamos no futuro…

Veja outra animação do estúdio Spotlight: HELP. Este foi o primeiro trabalho do estúdio e é focado em uma invasão alienígena. Porém não se trata de uma animação como Pearl.

 

Via Design Culture

Etiquetado , , , , , , , , , ,

Suecos criam máquina solar capaz de purificar até 600 litros de água/hora

Greenwater_Kit-de-Purificação-compressed

O casal de empreendedores suecos Annika Johansson e Greger Nilsson, juntos criaram o kit de purificação de água Greenwater, que conta com a combinação de luz ultravioleta (UV) e energia solar.

O sistema de purificação elimina da água as bactérias patogênicas, vírus, amebas e parasitas, inclusive bactérias resistentes ao nosso cloro, tudo isso de maneira sustentável. O sistema tem capacidade para filtrar até 600 litros de água por hora, o que equivale a um consumo médio diário de 80 pessoas.

Usando energia solar, o sistema dispensa o uso da eletricidade vinda da rede convencional, facilitando sua aplicação em regiões com pouca infraestrutura, sem acesso à energia elétrica, por exemplo. Além do mais, o equipamento é portátil, tornando o transporte muito mais simples e até mesmo eficiente.

“As soluções da Greenwater podem ser aplicadas em diversos contextos: desde situações críticas, como catástrofes, em que a infraestrutura de uma região é devastada, não restando qualquer possibilidade de acesso à água potável, passando por países ou comunidades carentes de um sistema de água e esgoto, até empresas que estejam buscando soluções sustentáveis e inovadoras para o tratamento, seja para a entrada (Input) ou para a saída (Output), da água”, explica Greger Nilsson, responsável pela área de desenvolvimento da empresa.

Greenwater_Testes-em-Ruanda-compressed

Primeiros testes

Em abril, a equipe fez os primeiros testes de campo em Ruanda, na África, com sucesso. Agora, a empresa finaliza algumas otimizações e adaptações do Kit para torná-lo ainda mais eficiente para o tipo de água daquele país, em que na qual, o mesmo deve receber 25 unidades do equipamento, que serão instaladas em escolas, hospitais, centros comunitários, dentre outros.

No Brasil

O Brasil também está no cronograma de testes da empresa. O objetivo dos fundadores é atingir dois grupos: um que é formado por comunidades carentes, como favelas, e populações que vivem em regiões afastadas dos centros urbanos. Outro que é formado pelos setores da construção civil.

 

Via Engenharia é

Etiquetado , , , , ,

Jovem de 17 anos cria sistema que purifica a água e gera energia ao mesmo tempo

Ser jovem demais já deixou de ser empecilho para quem quer mudar o mundo. Assim como o menino de apenas 13 anos que criou uma impressora que converte documentos para o braile (confira aqui), há muitos outros jovens prontinhos para inovar por aí. A australiana Cynthia Sin Nga Lam, de apenas 17 anos, acaba de entrar para esse time.

Uruguayan President Jose Mujica stands in front of his house in Montevideo on June 25, 2013. AFP PHOTO / MARIO GOLDMAN

Cynthia desenvolveu um sistema portátil que é capaz de purificar a água ao mesmo tempo em que gera energia. A ideia, que a levou a ser uma das finalistas do Google Science Fair, promete ser uma ótima saída para comunidades que vivem isoladas, por prover duas necessidades básicas ao mesmo tempo e de forma sustentável.

Composta por apenas duas partes, sendo que a unidade superior é usada para geração de energia, enquanto a parte de baixo serve para purificar a água, a invenção foi apelidada de H2prO. O dispositivo utiliza apenas dióxido de titânio e luz e tem uma eficiência de 90% na remoção de poluentes orgânicos da água em um processo que pode durar até duas horas.

A jovem criadora explica tudo no vídeo abaixo (em inglês):

h2pro1

h2pro2

h2pro3 (1)

h2pro3 h2pro4

 

Via Hypeness

Etiquetado , , ,

Okuda transforma igreja abandonada em Marrocos em um mural multicolorido

Okuda-San-Miguel-652x489

Recentemente, durante sua estadia em Marrocos, Okuda San Miguel recebeu um convite do evento Street Art Caravane para pintar uma igreja abandonada em Youssoufia.

A peça, intitulada “11 Mirages to the Freedom”, é composta por imagens geométricas, animais e cores vibrantes. Toda a superfície externa da Igreja foi pintada de forma que cada uma das peças interagisse em harmonia com toda a arquitetura marroquina.

O trabalho de Okuda pode ser classificado como surrealismo pop com uma essência clara de arte de rua, composta por desenhos geométricos e arquiteturas efêmeras multicoloridas. Estas peças de arte, muitas vezes levantam contradições sobre o existencialismo, o universo, o infinito, o sentido da vida e da falsa liberdade do capitalismo. E ajudam a acender conversas sobre o conflito claro entre a modernidade e suas raízes.

Okuda-San-Miguel-2-652x489

Okuda-San-Miguel-3-652x489

Okuda-San-Miguel-4-652x489

Okuda-San-Miguel-5-652x489

Okuda-San-Miguel-6-652x489

Okuda-San-Miguel-7-652x489

Okuda-San-Miguel-8-652x489

Okuda-San-Miguel-9-652x489

Okuda-San-Miguel-10-652x869

Okuda-San-Miguel-11-652x489

Okuda-San-Miguel-12-652x869

Okuda-San-Miguel-13-652x727

 

Via Ideafixa

Etiquetado , , , ,

Artistas criam ‘faixa de pedestre 3D’ para alertar motoristas

p2-768x545

p1-768x433

Preocupadas com o grande número de acidentes em uma rua de Ahmedabad, duas indianas recorreram à arte para chamar a atenção dos motoristas: criaram uma  “faixa de pedestre em 3D”.

A faixa tridimensional dá aos motoristas a impressão de que há um bloqueio à frente, o que leva à redução de velocidade.

india-faixa-3d

Além da faixa de pedestres tridimensional, as artistas Saumya Pandya Thakkar e Shakuntala Pandya criaram outra pintura em 3D em uma estrada que corta a cidade.

Saumya-Pandya-Thakkar

A ideia foi aprovada pelas autoridades locais e será usada próxima a escolas e locais propensos a acidentes.

 

Cia QI Quem Inova

Etiquetado , , , , , ,

Estudante vietnamita inventa máquina que produz água potável

size_810_16_9_jordania-590

Água potável: a ideia ocorreu após visitar uma zona do Vietnã de população humilde e onde a água potável é escasso

Bangcoc – Um estudante vietnamita diz ter inventado uma máquina que produz água doce a partir de água salgada e que se chegar à fase de produção industrial poderia custar menos de US$ 45 a unidade, informa nesta quarta-feira a imprensa local.

O inventor é Nguyen Tan Loi, de 17 anos, estudante do Instituto Nguyen Dinh Chieu da cidade de Ben Tre, capital da sulina província do mesmo nome, situada a 71 quilômetros ao sudoeste de Ho Chi Minh (antiga Saigon), segundo o site “VietnamNet Bridge”.

A ideia ocorreu após visitar uma zona do Vietnã de população humilde e onde a água potável é escassa.

Loi começou a trabalhar em maio de 2015 e em janeiro já tinha construído uma máquina que produz água doce a partir de água salgada e que obtém de um painel solar a energia que necessita para funcionar.

“A primeira máquina tem pouca capacidade porque só tem um cano de plástico. Só proporciona a água suficiente para beber. Penso em criar uma máquina com sete canos de plástico que produzirá 30 litros de água diários”, explicou Loi ao citado meio.

O inventor acredita que quando o artifício entrar em uma linha de “produção industrial, seu custo poderia ser menos de um milhão de dongs (US$ 45)”.

Cerca de 884 milhões de pessoas no mundo carecem de um acesso seguro à água potável, segundo dados da ONU, organismo que reconheceu em 2010 como um direito humano o acesso à água potável e ao saneamento.

 

Via Exame

Etiquetado , , , , ,